bukowski

bukowski

adorno

adorno

Baudrillard

Loading...

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Tudo para em um simples e nostalgico momento

roubas até o mais fundo pensamento
é como se você tivesse dormindo
toda sua desgraçada vida
e se percebe que viverá um sonho
e que em um estante acorda pro real
encontra o primeiro amor
esse paradoxo, horrivel e belo
algo que realmente causa um tremendo terror
azar de quem sente isso,
contudo,
miseravel é a vida de quem nunca sentiu o primeiro amor

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Meus bons amigos ditos artistas

Alguns são idealistas
outros não
Muitos falam
mas, quero a conclusão.

Venham regurgitar
ou argumentar
suas artes
mas depois limpem o chão.

Aprendem sobre
Baudelaire e outros
gente morta

valorizam
mais a morte
que a vida.

Ainda vem me dizer o que escrever, pois não é um simulacro de escritos passados, de poetas mortos, sem vida e sem coração... que tal criar suas ideias e deixar de viver essa total ilusão?

assim falou Victor Leonel

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Quando tudo se acaba, você é minha deselusão e assim me faz ver o real

A distancia é algo que impõe desafios para mim
estou pouco me linchando para ela
assim como estou pouco me linchando
para o maldito e ingrato tempo

Muitas coisas queria fazer
se tivesse o privilegio de voltar no tempo
mas, fodase tudo isso, não quero nem pensar
o mais importante, lhes digo, é o que sou

O que sou agora, é o que importa
se eu amo alguém que nunca vou ver
é o meu amor, não o seu amor

Fale coisas sobre mim, me deixe no chão
Eu retribuo com um sorriso, sinico
pois não sou igual a você! sou uma desilusão

As regras do jogo estão sobre a mesa
e já não tenho vontade de jogar
prefiro ficar sozinho na minha
e em minhas lembranças me afogar

Talvez seja um tolo romântico,
contudo nada mais me abala
quando não existe mais ilusão, tudo se perde
Mesmo assim me encontro, na desilusão

Prefiro ser o que sou
desejando uma coisa absurda
mas são minhas coisas, minhas paixões

Por isso gosto de pensar em você
talvez seja a única coisa que me faça sonhar
Sonho em um dia te ver, em um dia parar de sonhar

Procuro estratégias fatais na vida
nela muitas vezes nada me resta
pelo menos ainda me resta pensar em você!
assim crio forças para encontrar uma saída

Poema destinado a pilha de meu controle remoto, talvez o que me reste desse mundo, onde o real se perdeu e a ilusão já estar fazia. Quando tudo se acaba, você é minha desilusão e assim me faz ver o real.
Tudo estar reduzido a imagem, a aparência e o efémero, tanto que não existe mais o conceito do real para se pensar e o próprio pensamento se perde, contudo quando penso em você resgato a essência das coisas
e consigo ver que o mais importante realmente estar em sentir, na emoção, no subjetivo.

Por isso gritarei bem forte!
Te amo! Te amo! Te amo!
mesmo sabendo que ninguém vai me ouvir
Vou ser eu mesmo e nada mais
e desse simulacro vou sair

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

mulheres, bem tratadas e com corpo fenomenal

Hoje por volta das 16:31, vi uma garota no caminho da universidade
confesso esperei até o sinal abrir para atravessar pro outro lado da rua
pelo simples fato de vela dou outro lado andar, andar e andar
era loura, 1.60, bem tratada, um corpo fenomenal e cabelos sedosos como fios de ouro

É assim mesmo já tirei conclusões sobre algumas mulheres
as vezes estão acompanhadas com um macho segurando sua mão
quando sozinhas, pensão em um macho para segurar sua mão
não é preconceito e sim uma questão estrutural...

mulheres, bem tratadas, com corpo fenomenal e cabelos sedosos como fios de ouro
contudo são apenas outras mulheres como qualquer mulher
não que elas não sirvam para mim, alias, me deixam louco
mas, as vezes não sirvo para tais mulheres

terça-feira, 4 de outubro de 2011

sobre conceitos

conceito é igual cu,
cada um tem o seu
deixe o meu quieto
e preocupe se com o seu

tem gente que vive em função
de conceito dos outros
e esquecem do seu
vivendo em função da merda alheia

enquanto eu fico aqui
com meu conceito guardado
por de baixo de minha calça.

conceito é igual a cu,
cada um tem o seu
deixe que fico com o meu.